• AL Soluções

MONTAR SUPERMERCADO ONLINE: PONTOS CRUCIAIS

O mercado digital é muito promissor e está crescendo cada vez mais, alavancando consideravelmente a economia brasileira.


Ainda assim, a venda de um supermercado online é baixa se comparar com outros ramos do varejo, mas é possível observar que a médio prazo existe tendência de crescimento no comércio virtual para supermercados.


Uma pesquisa realizada pela (ABRAS) Associação Brasileira de Supermercados, diz que apenas 6% das maiores redes do país possuem e-commerce.


O empreendedor que está se preparando para montar um supermercado online (e-commerce), mas precisa adotar alguns princípios básicos para iniciar um canal de vendas na web.


GESTÃO DE MARKETING


Criar fluxos de canais digitais, assim, as empresas podem fazer todo o marketing de conteúdo ou investir no SEO (Search Engine Optimization, também conhecido como otimização de sites).


Atendendo os requisitos propostos por estes canais, o supermercado online se posiciona como especialista em algum assunto, criando confiança para o consumidor.


Canais de marketing, são caminhos que exibem os produtos para o cliente final, ou seja, formas de disponibilizar os produtos para a venda.


Existem vários canais de marketing que o público pode utilizar, abaixo são listados alguns destes canais.

  • Redes sociais: Permite maior visibilidade do supermercado e maior alcance de público. É importante ter o perfil do supermercado nas redes sociais mais relevantes.

  • Referência pessoal: O boca a boca ainda é muito poderoso, o supermercado deve preocupar-se com um bom atendimento.

  • Tráfego direto: Tenha uma url (domínio) de fácil memorização, para que as pessoas acessem seu e-commerce diretamente.

  • E-mails: Sempre que possível, crie uma lista de e-mails, mantendo ativo o relacionamento com o consumidor. Mas calma, sempre procure estes e-mails de forma direta, evite comprar listas de e-mail na internet, isso pode ser prejudicial e, como consequência, os consumidores marcarão as mensagens como spam.

  • Tráfego Orgânico: Invista em conteúdo de qualidade para conquistar uma posição de destaque nos mecanismos de busca: Google, Bing, Yahoo e etc.

  • Tráfego pago: No início do empreendimento é importante investir em anúncios pagos para atingir o maior publico possível e aumentar a base de novos clientes.


GESTÃO COMERCIAL


Uma ótima prática é explorar todas as possibilidades de interação e focar na experiência do consumidor nos canais da web existentes.

Permitir que o  consumidor veja os detalhes dos produtos e apresenta-los separados por categorias, se torna muito intuitivo e terá uma melhor performance de vendas no e-commerce do supermercado. GESTÃO OPERACIONAL


É importante criar um e-commerce que auxilie o supermercado na venda de uma maior gama de produtos, como:

  • Sistema de listas de compras: permite o usuário adicionar todos os produtos no carrinho com apenas um clique, aumentando a velocidade das compras.

  • Receitas prontas: exibir os produtos que compõem a receita para que o usuário possa adicioná-los ao carrinho de forma facilitada.

  • Lista de favoritos: é uma das minhas favoritas, pois o consumidor salva uma lista de produtos aos favoritos e poderá adicioná-los ao carrinho a qualquer momento.

Outra questão relevante é possuir estoque de produtos na loja ou ter armazenamento exclusivo para determinada região, dependendo do volume de operações executadas pode ser interessante trabalhar com estoque distribuído, diminuindo o tempo de entrega.


Como o cliente receberá os produtos? As formas mais encontradas são as entregues nas residências e a retirada na loja física.


Muitas empresas escolhem a forma de drive-thru, sendo um serviço de vendas, geralmente para alimentos fast food, permite que o cliente compre os produtos sem sair do seu veículo.


Procure disponibilizar um serviço de atendimento ao consumidor(SAC). Isso ajudará o consumidor no fluxo de compra e também aumentará a credibilidade da empresa.


Gostou do artigo? Ficou com dúvidas? Tem outras sugestões? Fonte: Parceiro 9Bits